sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Área de proteção ao mocho-dos-banhados em Americana-SP

Eu estou aqui para dizer que acompanho o incansável trabalho do meu amigo Gustavo Pinto com os mochos de Americana. Sei que  estamos num momento de crise, mas qualquer ajuda será de grande importância. Vamos fazer a diferença!


Segue abaixo os links com mais informações:

http://www.kickante.com.br/campanhas/area-de-protecao-ao-mocho-dos-banhados-em-americana-sp

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1111195648910408.1073741829.1108841552479151&type=3

https://www.youtube.com/watch?v=VxN2ARjnhz8

sexta-feira, 22 de maio de 2015

TANQUÃ continua lindo...

Segue abaixo mais algumas fotos das série Tanquã... Algumas espécies são bem comuns, mas outras são raras, como a sanã-amarela (Porzana flaviventer)

 Pombão - Picazuro Pigeon (Patagioenas picazuro)



Marreca-cricri -Silver Teal (Anas versicolor)

Figuinha-de-rabo-castanho - Chestnut-vented Conebill (Conirostrum speciosum) 
Fêmea com alimento no bico para os filhotes. 

Gavião-caboclo - Savanna Hawk (Heterospizias meridionalis)

Sanã-amarela  - Yellow-breasted Crake (Porzana flaviventer)

Entre uma ave e outra...

Marreca-caneleira - Fulvous Whistling-Duck (Dendrocygna bicolor)

Caraúna-de-cara-branca - White-faced Ibis (Plegadis chihi)

Eles não estão fazendo carinho um no outro...
Nesse dia, esses dois touros estavam dando cabeçadas um no outro e os outros touros se aproximaram para assistir. Meu amigo Ernesto Trondle disse para ficarmos longe, mas eu dei risada e disse em seguida: Nelore é bunda-mole!!!
Esses bichos começaram a bater suas cabeças cada vez mais forte, giravam pra cá e pra lá, quebrando arbustos e vindo em nossa direção.
Quando olhei para o lado, o Ernesto tinha desaparecido e então eu vi que haviam três maneiras de sair dali: Pular na água com todo o meu equipamento, passar pelos arranha-gatos que tinham espinhos que até brilhavam ou ir na direção dos tourinhos. Então, cobri meu rosto e varei  no meio daquelas arvorezinhas nada delicadas. O bom é deu certo e tive poucos arranhões!
Enfim eu digo: Não, o Nelore não é bunda-mole!!!

Sanã-parda - Rufous-sided Crake (Laterallus melanophaius)

Garça-branca-grande - Great Egret (Ardea alba) sem cabeça

Socó-boi - Rufescent Tiger-Heron (Tigrisoma lineatum) jovem

Águia-pescadora -  Osprey (Pandion haliaetus)

Sanã-amarela  - Yellow-breasted Crake (Porzana flaviventer)

Saracura-do-banhado - Plumbeous Rail (Pardirallus sanguinolentus)

Saracura-do-banhado - Plumbeous Rail (Pardirallus sanguinolentus) jovem

Saracura-do-banhado - Plumbeous Rail (Pardirallus sanguinolentus)

 Gavião-caboclo - Savanna Hawk (Heterospizias meridionalis)

Talha-mar - Black Skimmer (Rynchops niger)

Gavião-do-banhado - Long-winged Harrier (Circus buffoni)

Talha-mar - Black Skimmer (Rynchops niger)

Trinta-reis-grande - Large-billed Tern (Phaetusa simplex)

Cabeça-seca - Wood Stork (Mycteria americana)
Marreca-cricri -Silver Teal (Anas versicolor)
Marreca-toicinho - White-cheeked Pintail (Anas bahamensis)

Carrapateiro - Yellow-headed Caracara (Milvago chimachima)

Trinta-reis-grande - Large-billed Tern (Phaetusa simplex)

Talha-mar - Black Skimmer (Rynchops niger)

Trinta-reis-grande - Large-billed Tern (Phaetusa simplex) jovem

Gavião-caramujeiro - Snail Kite ( Rostrhamus sociabilis)



segunda-feira, 23 de março de 2015

TANQUÃ - E o amanhã?

Infelizmente é comum nos nossos dias, aos utilizarmos algum tipo de mídia, como TV, internet, jornais, nos depararmos com notícias em que paraísos ecológicos estão sofrendo ameaças por conta dos dedos de alguns humanos e seus projetos catastróficos.
Com o Tanquã não é diferente!!!
Mesmo com seus traços pantaneiros, onde é possível ver belíssimas aves como os tuiuiús, entre outras aves típicas do Pantanal , além das aves que migram de diversas regiões, sendo que muitas delas são raras e também ameaçadas de extinção, toda essa vida corre o risco de desaparecer por culpa do homem.
Para quem não sabe dos problemas que o Tanquã vem sofrendo, segue alguns links com essas informações e também com mais detalhes sobre o como chegar até ele para uma visita, que com certeza será inesquecível.
Acredito que quanto mais gente do bem lutando de mãos dadas, com certeza o Tanquã terá o amanhã feliz para as futuras e futuras gerações...







________________________________________________________________________________
Já estive algumas vezes nesse lugar maravilhoso e  digo que é impossível não ficar encantado com toda essa enorme biodiversidade.
Tive o prazer de observar e fotografar muitas espécies de aves raras e ameaçadas e quero compartilhar agora a primeira parte desse tesouro de Piracicaba-SP.


Marrecão (Netta peposaca) - Macho 

Marrecão (Netta peposaca), marreca-toicinho (Anas bahamensis) e marreca-caneleira (Dendrocygna bicolor) - Todas em voo.

Garça-moura (Ardea cocoi)

Marreca-cricri (Anas versicolor)

Caraúna-de-cara-branca (Plegadis chihi)

Pernilongo-de-costas-brancas (Himantopus melanurus)

Garça-moura (Ardea cocoi)

Cabeça-seca (Mycteria americana)

Curutié (Certhiaxis cinnamomeus)

Caminheiro-zumbidor (Anthus lutescens)

Maçarico-pintado (Actitis macularius) -  Adquirindo plumagem nupcial  para voltar ao Hemisfério Norte, onde nidifica.

Pequeno bando...

Lavadeira-de-cara-branca (Fluvicola albiventer)

Caminheiro-zumbidor (Anthus lutescens)

Socoí-amarelo (Ixobrychus involucris)

Cabeça-seca (Mycteria americana)

Maçarico-de-colete (Calidris melanotos)

Tuiuiú (Jabiru mycteria)

Essas são algumas das espécies encontradas no "mini-pantanal" de Piracicaba. Em breve postarei a PARTE 2, 3, 4...


sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

O Pato-mergulhão mergulha na Pousada Praia da Crioula

Pato-mergulhão - Brazilian Merganser 
(Mergus octosetaceus)

VEJAM  EM  HD

Quando fui pela primeira vez à Canastra, a primeira coisa que veio em mente foi a espécie criticamente ameaçada  Mergus octosetaceus,  ou simplesmente pato-mergulhão.  Estávamos acampados no sítio do Sr. Zezico, eu e o amigo Jofrei, quando alguns minutos antes de clarear o dia, vi passar um pequeno bando de 5 indivíduos voando sobre minha cabeça, mas estava escuro e eu não consegui fotografá-los.
Depois desse dia, tentei  muitas vezes e nada de achá-los. Voltei no ano seguinte e nada, até que conheci a pousada Praia da Crioula onde fiz o trabalho de levantamento de avifauna e pude ter o prazer de vê-los quase todos os dias em que trabalhei lá. Realmente nesse local é fácil observá-los. Não me preocupei com a qualidade das imagens, pois não era o meu objetivo naquele momento.
Na Pousada Praia da Crioula é quase 100% de chance de encontrá-los! Podem conferir!!!

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Pousada Praia da Crioula e os Surucuás...

Surucuá-variado - Surucua Trogon 
(Trogon surrucura)


Indivíduo macho adulto do primeiro ponto.

Essa é uma das mais belas aves que já pude observar. Possui um colorido que paralisa qualquer observador de tanto encantamento. Nas fêmeas as cores não são tão vivas, trocando o azul do peito, cabeça e as costas verdes por tons cinzentos, mas nem por isso são menos belas.
Na pousada é possível encontrá-los em dois pontos e também há muitos outros nos arredores. Essa espécie é garantida!!!

Indivíduo macho do segundo ponto da pousada e o outro dos arredores.
Vejam em HD!


terça-feira, 27 de janeiro de 2015

POUSADA PRAIA DA CRIOULA - SEJA BEM VINDO TAMANDUÁ!

Tamanduá-bandeira - Giant Anteater (Myrmecophaga tridactyla)


VEJAM EM HD

A natureza sempre nos surpreende e por isso não me canso dela. Num final de tarde, eu estava caminhando em busca de novas aves, quando esse belo animal cruzou o meu caminho. Foi espetacular poder vê-lo de tão perto. O único problema é que quando eu estava filmando, acabou o cartão de memória e não deu tempo de trocá-lo porque o tamanduá não quis esperar, rs. 

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

AVES DA POUSADA PRAIA DA CRIOULA Capacetinho-do-oco-do-pau Cinereous Warbling-Finch (Poospiza cinerea)



Capacetinho-do-oco-do-pau - Cinereous Warbling-Finch (Poospiza cinerea)

AMEAÇADA DE EXTINÇÃO!

ASSISTAM EM HD!

Um pequeno bando de Poospiza cinerea em alerta devido à presença de uma Glaucidium brasilianum (caburé). Momento muito bonito, onde várias espécies ficaram enlouquecidas com a corujinha. Fato que ocorreu naturalmente, sem o uso de playbacks nos entornos da "Pousada Praia da Crioula" em Vargem Bonita-MG.

Esse comportamento é chamado de Mobbing: Comportamento de tumulto. Quando uma ave percebe alguma possível ameaça por animais, sejam eles, rapinantes, ou até mesmo répteis e mamíferos, inclusive o homem em seu território, ela voa em direção ao provável predador dando rasantes sobre sua cabeça e vocalizando com intenção de afastá-lo.
Fonte: Wikiaves


Ave ameaçada de extinção (Vulnerável)

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Pousada Praia da Crioula e Serra da Canastra (Birdwatching)

Recentemente trabalhei em um levantamento de avifauna da "Pousada Praia da Crioula" situada no Município de Vargem Bonita-MG, na região da Canastra, onde está localizado o Parque Nacional da Serra da Canastra. 
Além da área da pousada, estendemos o inventário para os seus entornos.
O "ainda novo" rio São Francisco, poucos quilômetros após a queda da belíssima cachoeira Casca D'Anta, faz sua visita aos fundos da pousada com suas águas cristalinas. Ele é a divisa entre Vargem Bonita e São Roque de Minas.
Todos aqueles que praticam observação de aves (birdwatching), não podem deixar de conhecer esse lugar maravilhoso, de riquíssima biodiversidade, excelente atendimento, ótimas instalações com chalés, área de Camping e a maravilhosa comida MINEIRA DE VERDADE!

A POUSADA...





Fotos: Heloyna


A  NATUREZA DA CRIOULA...








Esse lugar é digno de contemplação!


 Além de toda essa beleza na pousada e imediações,  a riqueza se completa com Serra da Canastra, o parque, as cachoeiras, todos os gradientes do nosso belo cerrado, as nascentes do Rio São Francisco e animais raros e ameaçados de extinção.




Belos caminhos com visuais incríveis!!!

Nascente do Rio São Francisco

O próprio... 


O "Velho Chico" sempre nos presenteando com sua magnitude!


 Vista da Serra  e a Cachoeira Casca D'Anta

Casca D'Anta em época de chuva.

Casca D'Anta em época de estiagem.

Mais um pouquinho de natureza...





 Acredito que todos deveriam fazer uma visita a esse lugar mágico pelo menos uma vez na vida, independente de serem ou não observadores de aves, pois será um investimento eterno.  Agora para quem deseja observar aves, esse é o lugar!!!

AS AVES...


Durante o levantamento, registramos 183 espécies de aves no interior da pousada e entornos, sendo que algumas delas estão ameaçadas de extinção, como o raro e belo  pato-mergulhão (Mergus octosetaceus) que está criticamente ameaçado. 
 Sem muitos esforços, os praticantes de "Birdwatching" poderão observar quase a metade da avifauna encontrada na região da Canastra (6 Municípios), que são de aproximadamente 400 espécies.

ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO

Para uma passarinhada bem proveitosa são necessários pelo menos 3 dias. Uma boa opção é começar o roteiro na pousada e entornos na primeira manhã após a chegada, pois já estarão descansados da viagem, principalmente para quem vem de longe e como as trilhas são bem mais tranquilas, dá para ir se familiarizando com o ambiente de cerrado, caso venham de regiões onde o bioma é diferente, ou de clima mais ameno.


Passarinhando na pousada e entornos




Um pouquinho antes do amanhecer a juruva-verde(Baryphthengus ruficapillus) começa a cantar no quintal  ao lado dos chalés! Não se preocupe em correr atrás dela, pois a espécie faz ninho ali  e em época reprodutiva dá para fazer centenas de fotos dos adultos, jovens e filhotes sem estresse para as aves. Outra ave bem interessante é a papa-lagarta-de-asa-vermelha(Coccyzus americanus) que também pode ser encontrada na "Crioula"
Para quem aprecia pica-paus, a natureza da pousada oferece abrigo e alimento para 9 espécies, incluindo o belo pica-pau-de-cabeça-amarela (Celeus flavescens) e o pica-pau-de-topete-vermelho (Campephilus melanoleucos).
Os passarinhos sempre encantam pela beleza das cores e seus cantos maravilhosos. E em se tratando de beleza, uma das aves mais belas que  visita a pousada é a saíra-douradinha (Tangara cyanoventris), além das outras saíras como a saíra-ferrugem (Hemithraupis ruficapilla) e a saíra-de-papo-preto (Hemithraupis guira), mas também não dá para deixar de citar o surucuá-variado (Trogon surrucura) e a ariramba-de-cauda-ruiva (Galbula ruficauda) que são belíssimas criaturas também.
Agora quando se trata de canto, eu nem consegui pensar numa única espécie em especial, pois lá a orquestra da vida não para de tocar nem a noite, quando as corujas, bacuraus e urutaus compõem a trilha sonora noturna.


Juruva com alimento no bico para dar aos filhotes.


saíra-douradinha (Tangara cyanoventris)

pica-pau-de-cabeça-amarela (Celeus flavescens)

saíra-ferrugem (Hemithraupis ruficapilla)

saíra-de-papo-preto (Hemithraupis guira)

surucuá-variado (Trogon surrucura)


Aves Ameaçadas de Extinção

A Pousada Praia da Crioula é sem dúvida um dos melhores lugares para observar o pato mergulhão (Mergus octosetaceus) e como dito antes, ele encontra-se em perigo crítico (CR) de extinção  na "Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN)"


Fonte: Wikiaves

Juntamente com o pato, outras espécies que há tempos saíram do "Status Pouco Preocupante" da lista, podem ser encontradas nas imediações das pousada, como o capacetinho-do-oco-do-pau (Poospiza cinerea) (VU), o barbudo-rajado (Malacoptila striata) (NT), a jandaia-de-testa-vermelha (Aratinga auricapillus) (NT) e o papagaio galego (Alipiopsitta xanthops) (NT).


capacetinho-do-oco-do-pau (Poospiza cinerea)

O Amor está no ar da Pousada...

jandaia-de-testa-vermelha (Aratinga auricapillus) 





Parque Nacional da Serra da Canastra

Quando digo que o parque é um do melhores lugares do Brasil para passarinhar, pode até parecer exagero da minha parte, ainda mais para aqueles que me conhecem e sabe que amo demais o cerrado e Minas Gerais. Não é exagero, pois o parque abriga tantas espécies raras e ameaçadas que a cada visita que fizerem, terão grandes e maravilhosas surpresas.
Seguindo o roteiro, no segundo dia, a "parte baixa" do parque nos reserva ótimas espécies raras como o tapaculo-de-brasília (Scytalopus novacapitalis), dentre outras aves, além de toda  beleza e exuberância da Casca D'Anta!

tapaculo-de-brasília (Scytalopus novacapitalis)

No terceiro dia, é a vez da tão esperada "parte alta," que particularmente é um dos locais mais encantadores de todo o parque, com grande biodiversidade que promete olhares inesquecíveis. Com inúmeras espécies  ameaçadas, incluindo a codorna-mineira (Nothura minor), inhambu-carapé (Taoniscus nanus), andarilho (Geositta poeciloptera), papa-moscas-de-costas-cinzentas (Polystictus superciliaris), galito (Alectrurus tricolor), papa-moscas-do-campo (Culicivora caudacuta) e muitas outras que estão lá para serem observadas, além de todo o visual e a sua beleza histórica que ainda permanecem intactas por ali.

galito (Alectrurus tricolor)

papa-moscas-de-costas-cinzentas (Polystictus superciliaris)




Finalizando esse post, fica a dica de um lugar realmente maravilhoso para observar aves ou até mesmo apenas relaxar da estressante correria da cidade... A Pousada Praia da Crioula é a porta de entrada para a Canastra.  

Quero agradecer aos participantes Carlos Gussoni que deu a maior força pra gente e ao Jofrei que esteve em quase todas as minhas idas servindo de grande ajuda também, ao Zeca, Heloyna (e pais), Filipe e toda a família da pousada pela amizade que construímos juntos e pela contribuição com registros feitos após nosso trabalho na pousada, totalizando  3 espécies registradas por Heloyna.

Participantes do Levantamento: Rogério Machado, Carlos Gussoni e Frederico Jofrei.


Contato para hospedagem na pousada: