sexta-feira, 30 de julho de 2010

Valeu o dia!

tesoura-do-brejoQuando cheguei na Assistência, tudo parecia um deserto, sem vida, então pensei, acho que perdi a minha manhã. Caminhei mais um pouco, estava frustrado em ver todo aquele vazio até quando avistei uma única árvore em meio aquela triste visão. Logo pousou um belo macho de "Tesoura-do-brejo", mas cadê o brejo??? Tentei me aproximar, mas não tinha como me esconder, então ela voou(sem o chapeuzinho, ficou estranho) para longe e eu como o doido que sou, saí voando atrás dele e logo encontrei esse pequeno espaço vivo aí abaixo. Meu sorriso ficou igual ao do Coringa, bem grande!!! Eu quero dizer uma coisa pra vocês amigos, eu amo muito o que faço e quero que todos sintam um pouquinho do que sinto nesses meus momentos mágicos.

tesoura-do-brejoAgora era um casal!!! Estavam distante, mas eu gostei de ver porque lá tinha um pequeno brejo e eles com certeza irão criar filhotes ali. Em seguida comecei a ouvir a sinfonia dos chopins-do-brejo. Era um pequeno grupo com uma vocalização variada, misturando cantos e conversas, muito bonito, pena que chegou um trator e na gravação ficou com ruído.


chopim-do-brejochopim-do-brejoVoltando encontrei esse casal de fogo-apagou procurando semente na estrada. Essa espécie anda sumida da minha cidade, mas fiquei feliz por encontrar essas belas aves caminhando mesmo com tão poucos recursos naturais.
fogo-apagou
fogo-apagouBom, fico por aqui, logo volto com mais fotos que fiz na minha viagem para a Serra da Canastra. Fiquem com Deus.