quinta-feira, 10 de junho de 2010

"JAPACANIM", "Black-capped Donacobius"(Donacobius atricapilla)

Lagoa Pascon
A neblina...

Japacanim

Para conseguir uma foto dessa carinha linda e tímida eu precisei caminhar uma média de 8 km por dia durante três semanas e ainda não consegui uma aproximação favorável dela.
Todos os dias eu acordava umas cinco da manhã para ir ao encontro dos Japacanins, chegando por volta das seis no local onde eu havia visto um pequeno grupo quando caminhava com o meu amigo Talles para fotografar espécies para o blog. Nesse primeiro dia, por volta das oito, estava muito frio e a neblina impediu fotografias mais nítidas, mas estava muito bonito ver a lagoa com aquela névoa branca. Uma imagem inesquecível e a ótima presença do meu amigo Super Talles!


JapacanimJapacanimPor ser uma ave paludícula (sempre associada a ambientes aquáticos), era muito difícil se aproximar, pois o grupo se deslocava pelas densas vegetações aquáticas, todos aqueles emaranhados de galhos como na foto abaixo, muita lama e água e cada vez que eu chegava numa proximidade boa para foto, eles sumiam e uns minutos depois eu ouvia os seus cantos e chamados pelo menos 200 metros mais longe, daí recomeçava tudo de novo. Fiquei fazendo isso até conseguir essas fotos, mas depois eles sumiram de vez. Vou voltar o mais breve possível, pois nesse local, pelo que pude observar, serve de lar para mais de 30 espécies e fico feliz porque ali eu passei a minha infância e é o que resta de mata nativa, pois o resto virou condomínios fechados, lixão e canaviais.
Japacanim
Caracteríticas
Possui a cauda longa e graduada, tendo as asas curtas e redondas. A cabeça, dorso e asas são pretas. O peito e ventre são amarelos, inclusive a íris. O bico e pernas são negros. Possui uma nódoa amarela no pescoço. Quando jovem o japacanim tem a íris parda em vez de amarela e não possui a nódoa amarela no pescoço. Emite gritos fortíssimos e bem variados:

Reprodução
Costuma abrir e fechar a cauda e balançá-la várias vezes, emitindo fortes gritos. Isto faz parte da cerimônia de corte do casal. Os ovos são de cor ferrugem-clara. Faz um cesto profundo enfaixado com teias de aranha, sendo afixado ao capim alto ou outras plantas a pouca altura, no brejo ou nas suas margens. O filhote nasce após 17 dias e deixa o ninho com 17-18 dias.

Alimentação
Alimenta-se de Insetos e pequenas larvas que encontram pela vegetação.

hábitos
Vive em taboais, brejos, lagos, córregos e juncos onde encontra bichinhos para alimentar-se.

Distribuição Geográfica
Presente em quase todo Brasil, exceto no sul.

O japacanim é uma ave passeriforme da família Donacobiidae. Também conhecido como japacamim, batuquira ou assobia-cachorro(Minas Gerais).
Fonte: Wikiaves.

Fotografados em Maio de 2010 nas proximidades da Lagoa dos Pascon em Rio Claro.