sexta-feira, 27 de novembro de 2009

"João-Porca","Capitão-da-porcaria", "João-do-riacho", "Presidente-da-porcaria", "Tiriri", "Sharp-tailed Streamcreeper"(Lochmias nematura)

Antes de falar um pouco sobre esse pássaro, quero poder passar um sentimento que tenho desse local.
Quando conheci esse riacho, não sabia nem o nome, depois de um tempo descobri que se chamava "riacho ferradura", pois existe uma antiga ponte de tijolos formando um belo arco. Esse riacho possui a água mais límpida e flamejante que eu já vi. Além desse tesouro, possui um equilíbrio de pedras e a areia fina, tão fina que parece escapar pelas mãos. A vegetação intocada, onde alguns pássaros, roedores, caranguejos, lontras, cobras e outras criaturas sutilmente aparecem para presentear nossos olhares. Infelizmente, uma grande empresa percebeu o poder desse riacho e começou extrair areia dele, infelizmente.

Na minha quarta ida ao riacho, pensei apenas em explorar o local, estava um dia chuvoso e difícil de fotografar. Eu e meu irmão "Carlinhos" resolvemos caminhar para ver onde o riacho nos levava. Caminhamos por mais de 8 quilômetros por água e nem conseguimos sair da mata densa. resolvemos então voltar, pois o dia estava quase sem sol e já estava escurecendo, foi maravilhoso.

Consegui fotografar apenas um pássaro e a foto ficou ruím, valeu o dia, mas voltarei para tentar outras!

O João-porca!



joão-porca O João-porca é um passeriforme que mede aproximadamente 15 cm, vive geralmente nas vegetações pantanosas, no chão ou nas proximidades, em florestas úmidas, montanhosas e capoeiras, mas sempre na vegetação densa. Alimenta-se de insetos, minhocas e outros vermes, revirando as folhas mortas com o bico, no meio da lama, até mesmo em chiqueiros próximos aos riachos, por isso recebeu alguns nomes populares como "Capitão-da-porcaria".

joão-porca Podendo ser raro e localmente comum, vive solítário sempre à beira de riachos e igarapés.
Faz ninho à sombra de barrancos, cavando longas galerias, o ninho esférico construído com raízes e outros pedaços de plantas. Põe 2 ovos brancos.

Fotografado em Novembro de 2009, Corumbataí/Analândia.

A qualidade do vídeo foi comprometida devido ao recurso de conversão do blog.

video