quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

"Garça-vaqueira", "Cattle Egret" (Bubulcus ibis)

garça-vaqueira


garça-vaqueira
Plumagem branca, em especial quando juvenil. No período reprodutivo desenvolve uma plumagem alaranjada no alto da cabeça, peito e costas. Essa coloração diferenciada permanece, embora esmaecida, na plumagem do adulto. Um pouco maior do que a garcinha (no fundo da segunda foto), mas se diferencia pelo bico amarelo, de formato mais cônico, pernas e pés totalmente negros. No auge do período reprodutivo, as pernas e pés ficam alaranjados por completo, diferente da garcinha que sempre mantém os pés amarelos em qualquer época do ano ou idade.É uma garça insetívora, caçando seu alimento longe da água e associada, principalmente, ao gado. No Pantanal pode ser vista junto a capivaras, quando essas estão caminhando fora d’água.Trata-se de uma espécie recém-chegada ao continente americano, vinda da África. No continente africano está sempre associada às manadas dos grandes herbívoros, apanhando gafanhotos e outros insetos espantados pelo deslocamento dos animais na savana. Atravessou o Atlântico há pelo menos 100 anos, com registros iniciais na região do Caribe. Espalhou-se rapidamente pelo continente e hoje ocupa todas as áreas abertas onde o gado esteja presente, ajudando a controlar gafanhotos e cigarrinhas nas pastagens. Em 1965 foi registrada pela primeira vez no Brasil, na Ilha de Marajó.Reproduz-se em colônias e, mesmo fora do período reprodutivo, é muito gregária, possuindo pousos noturnos de dezenas, centenas (rio São Lourenço, próximo à reserva) ou mesmo milhares de indivíduos. No final das tardes, começam a voar em grupos de retorno a esses pousos, algumas vezes cobrindo distâncias de algumas dezenas de quilômetros. Tanto esses pousos, como os ninhais reprodutivos, localizam-se em galhos sobre a água. Na região da reserva ainda não foi registrada reproduzindo-se. Em outros locais nidifica em colônias próprias ou associadas a outras garças, especialmente à garcinha. Ocorre em toda a RPPN, com maior freqüência nas vizinhanças de fazendas de gado do entorno.


Fonte: Aves do Pantanal




As fotos acima foram tiradas no "Lago azul" de Rio Claro, em um grande ninhal na ilha do lago, as garças e outras aves usam essa ilha para reprodução e como dormitórios. Dezembro de 2008.


garça-vaqueira garça-vaqueiraAs fotos acima foram tiradas em Águas de São Pedro em um grande ninhal no "pantanal" de Águas. Eu e meu cunhado e amigo Fábio de Pádua ficamos horas fotografando as maravilhas desse lugar. Natal de 2008.